sábado, 30 de maio de 2009


Como dizem no nosso interior gaúcho: "Preteou o olho da gatiada"!

O melhor treinador brasileiro pós Telê Santana, teve um desempenho fraco ante a mediana equipe do Nacional do Uruguai, e comprometeu a classificação da equipe para as semifinais do maior certame sul-americano. Após "parir uma bigorna" para fazer o primeiro gol, o treinador retira o vaiado, Keirrisson e coloca o limitado volante Jumar, usando - o como desculpa para fechar o meio campo. Adivinhem o que aconteceu? Perdeu a meia cancha, e ainda por cima tomou um gol. Mas ainda tenho mais, antes de cometer essa insanidade, Luxemburgo trocou dois atletas aos 30 minutos da primeira etapa, sim, eu disse aos 30 minutos do primeiro tempo. Resultado de tudo isso, o Palmeiras mais uma vez está com o coração na mão e partindo para uma guerra no Rio do Prata.

PALPITE: Nacional do Uruguai

3 comentários:

Alexandre Oliveira disse...

Meu palpite: Mais uma vez o Palmeiras sairá do inferno ao céu...Classificação alvi-verde no Uruguai!

Felipe Cunha disse...

Acho que dessa vez o Palmeiras baila...

O Luxa realmente foi infeliz no 1º jogo...

Fernando Amoretti disse...

Concordo com o Felipe, dessa vez o Palmeiras não passa. Acho até que foi longe demais.

O Palmeiras concentra seu futebol em dois ou três jogadores, e hoje em dia isso não garante mais resultado.

Saudações...