domingo, 31 de maio de 2009

O Grêmio na Bahia e o Inter em Porto Alegre...









Assisti o jogo entre Vitória X Grêmio. Procurei assistir o jogo com olhos críticos, sem qualquer pretensão. E vi um BAILE DO VITÓRIA sobre o tricolor gaúcho.

O Grêmio conseguiu alguns lances de perigo depois dos 30 minutos do segundo tempo porque o Vitória se obrigou a deixar o contra ataque aberto para os gremistas. Fora isso os baianos amarraram os gaúchos em todos os setores e novamente se não fosse o extraordinário Victor o placar seria maior. 

A verdade é que o Vitória tem um time no máximo mediano, nada demais. E mesmo assim o Carpegianni deu um nó no time do Paulo "ta entendendo" Autuori.

Já esta mais do que na hora da direção gremista e sua torcida acordar! O Grêmio NÃO TEM um bom time, e isso é um fato. Existem 3 bons jogadores na equipe tricolor: Victor, Rever e Souza. De resto são jogadores medianos ou insuficientes, eu já falei isso outras vezes. E o Paulo Autuori apesar de ser um bom treinador, não é o tipo de técnico que tira leite de pedra, como é por exemplo o Celso Roth. O Autuori só obteve sucesso quando treinou times de qualidade, fora isso afundou.

Os bons resultados da temporada 2009 tricolor são mentirosos! O Grêmio não venceu nenhuma partida realmente difícil, sempre que pegou adversários de maior qualidade empatou ou perdeu. Os resultados na Libertadores são mais mentirosos do que o Pinóquio, todos sabem que o Grêmio não enfrentou nenhum time descente. Peço desculpa aos gremistas, mas é a mais pura verdade.

Ps: Que bucha do Leandro Domingues!

*********************************************************************








O Internacional em Porto Alegre mesmo que com o time reserva fez o que tinha que fazer: Jogou bem e venceu! Kleber se despediu com grande atuação, Andrezinho foi o maestro da equipe e o Talles Cunha se mostrou muito oportunista.

Fora isso não há muito o que se dizer deste jogo, o que fica é a liderança isolada e com 100% de aproveitamento. 

*********************************************************************

CORNETINHA:

4 comentários:

Fernando Amoretti disse...

Felipe, difícil tecer comentários após um post tão completo e verdadeiro.

Exaltar que o time reserva do Internacional, venceu mais uma a exemplo do Palmeiras, também no Beira-Rio, é tarefa de qualquer um ligado ao futebol.
Igualamos ao início do Campeonato Brasileiro de 1975.

Temos jogo importante na quarta, confirmar a classificação e domingo que vem já tem o Cruzeiro, completo.

Quanto ao Grêmio, time limitado, que esstá jogando Libertadores, como disseste, não enfrentou adversário na competição ainda, deve cair contra o Cruzeiro na semi.

Saudações...

Alexandre Oliveira disse...

Desistiu do Tcheco Felipe? rsrsrsrs

Brincadeiras a parte, também não acho o time do Grêmio espetacular...porém acredito que esteja na média dos clubes da zona da sul americana por exemplo, e se Paulo Autuori conseguir tirar o tal leite de pedra, até pode ser que o tricolor incomode um pouco mais.

Já na Libertadores, também não acredito em título do co-irmão,-e torço para que isso não aconteça- mas na semifinal já está, quanto ao seu futuro adversário, ainda prefiro aguardar um pouco, pois o confronto mais indefinido desta fase na minha opinião é São Paulo x Cruzeiro, e vale lembrar que o Grêmio em 2007 eliminou o São Paulo que não estava em uma grande fase, mas estava melhor que hoje...na minha modestíssima opinião! PS: Mas o Grêmio de 2007 também era melhor, eu sei!

Abraços!

Felipe Cunha disse...

Discordo. O São Paulo de 2007 tinha sido desclassificado pela São Caetando no paulistão, estava muito abalado.

O time atual não tem abalo moral, apenas má fase tecnica, que alias parece estar terminando.

Pedro Rafael Marques disse...

Resultado justo nos dois jogos da dupla Grenal. E caso não ocorresse o gol baiano, teríamos o pênalti claríssimo do Vitor no atacante Neto Baiano.

Já no Beira-Rio, podemos observar a superioridade do elenco colorado ante o arrumadinho time catarinense.

Segue a caminhada colorada e sem obstáculos.