sexta-feira, 26 de junho de 2009

ARRUMAR A CASA



O Internacional, antes da decisão da Copa do Brasil, tem um desafio e um compromisso com o seu torcedor. O desafio é vencer o Coritiba, para continuar postulando a liderança da competição e o compromisso é calar a boca do "filósofo de boteco", Renê Simões, que fala pelos cotovelos sobre o Inter, mas que como currículo tem apenas um sucesso no futebol feminino e um acesso à Série A, com o próprio Coritiba.

Possibilidades de vitória até com o time misto o Inter tem, precisa é dar ritmo de jogo ao D´Alessandro, que estava perdido na partida de ontem e permanecer valorizando os jogadores mais jovens, como o Danny Morais e o Talles Cunha. Chega de dar oportunidades ao Leandrão, pois já é notório que não passa de um jogador aquém das necessidades coloradas.

E o cidadão da foto, precisa muito provar que o seu ciclo ainda não acabou no Beira-Rio, pois treinadores capacitados para dar sequência a um grupo qualificado como o do Internacional, não faltam no mercado.

Sorte aos colorados!

Um comentário:

Fernando Amoretti disse...

O negócio é jogar bem.
Vitória é consequência.

Saudações...