quinta-feira, 25 de junho de 2009

DESANDOU A MAIONESE



Sinceramente a minha vontade era de escrever sobre a morte do Michael Jackson, mas como aqui falamos de futebol e não sou homem de fugir da raia, vamos lá...

Difícil. É a palavra que retrata o momento do time e da torcida colorada. É visível, claro como a cor branca que o Internacional sentiu a derrota no Pacaembú. O Inter esta literalmente nocauteado.

Culpados? Não vou ser oportunista e nem covarde de pegar alguém ou "alguéns" para Cristo neste momento. Ninguém, absolutamente ninguém esta jogando nada, esta tudo dando errado.O coletivo do Internacional se perdeu totalmente, a gana de vencer sumiu, a pegada evaporou.

A cabeça dos jogadores esta, ou melhor, ficou em São Paulo. Aliás vou fazer um mea culpa: O pensamento da torcida também esta no Corinthians. Infelizmente esta é a realidade, por que deveriamos todos estar focados na LDU. A Recopa, uma conquista importantíssima, ficou comprometida. Agora é tarde.

A atuação contra a LDU foi tão ruim, tão enfadonha, que não tenho ânimo nem para reclamar das duas penalidades não marcadas a favor do Inter.

E agora, o que fazer? Realmente não sei. É difícil conseguir passar confiança para uma equipe que não consegue fazer gols, quanto mais vencer partidas. O momento da torcida é de juntar os caquinhos, se abraçar, buscar forças, para tentar realizar uma epopéia na próxima quarta-feira.

Ainda acredito que podemos ser Campeões da Copa do Brasil, mas adimito que minhas esperanças neste momento estão muito mais ligadas pela fé, do que pela confiança na equipe colorada.

3 comentários:

Pedro Rafael Marques disse...

Quem prefere o Leandrão ao Talles Cunha, tem que ser questionado.

Caso perca a finalíssima da Copa do Brasil, o Tite pode voltar para o seu descanso.

Felipe Cunha disse...

Pedro o teu ranço com o Tite é tão cronico que não dá para considerar.

A derrota do Inter passou longe da opção de Tite por Leandrão ao Talles Cunha. O momento agora não é de caça as bruxas e sim de RE-mobilização.

Fernando Amoretti disse...

Temos que comparecer no domingo também.
Esse jogo é importantíssimo, tem re-encontrar o futebol, o coletivo.

O que tem está aí no plantel.
Não há o que fazer.

Saudações...