terça-feira, 30 de junho de 2009

ELE PODERÁ DECIDIR...PRA QUEM?


No jogo do Pacaembú, ele foi decisivo, como era de se esperar.

Nesta semana, Ronaldo, o fenômeno, vem dando declarações que fogem um pouco o lugar comum de jogadores envolvidos em grandes decisões.

Primeiro, reclamou do regime de concentração do Corinthians, que acha muito rígido.

Agora, diz que a final da Copa do Brasil deve ser encarada como uma "pelada". Só ele pensa assim!

Lógico que Ronaldo não se impressiona mais como antigamente, aos 17 anos em uma copa do mundo. Mas acredito que o fenômeno possa estar fora de sintonia, distante do mesmo pensamento dos seus companheiros.

Não quero dizer com isso, que Ronaldo não possa chegar ao Beira-Rio e decidir o título em favor da sua equipe, condições técnicas para isso ele tem.

Mas eu me pergunto, será que um jogador tão importante como ele, não pode estar contagiando demais o grupo com estas declarações? O Corinthians entra em campo amanhã com uma vantagem grande, mas daqui de longe, sinto um certo de clima de festa e "já ganhou".

Podem apostar que tudo isto será usado no vestiário colorado, não sei se ganha jogo, mas pode ajudar.

Por isso senhores, não tenho dúvidas de que Ronaldo Nazário, O FENÔMENO, poderá sim decidir o jogo de amanhã...só ainda não sei para que lado...

Abraços!

2 comentários:

Felipe Cunha disse...

Estou sentindo este ambiente no Corinthians tb, a auto-confiança parece estar demasiada. Ronaldo vem dando declarações polêmicas, Mano Menezes abusando das ironias.

Vamos ver o que acontece!

Fernando Amoretti disse...

Jogo difícil para ambas as partes.
O Corinthians tem a vantagem do score e Ronaldo.

O Inter tem o fator local e a qualidade de time que é maior que a do Corinthians.

Quem vai ao Beira-Rio, fará parte da história.

Saudações...