sexta-feira, 26 de junho de 2009

O Coelho

Vou admitir, não assisti todo o jogo do Grêmio no mineirão. Não consegui. Quando saiu o terceiro gol preferi deixar o frio da sala pelo calor do quarto. Só fiquei feliz quando gremistas gritaram pelo gol feito. Ontem uma forte gripe me abateu, e não tive como escrever sobre o jogo tricolor. Mas não vou escrever denovo pois vocês já escreveram e comentaram. Vou falar da derrota colorada ontem no Beira-Rio e o que vi.

Vi um maratonista que chamamos de coelho. Coelho é aquele que começa a maratona patrocinado por alguma empresa que quer aparecer. Ele corre como ninguém e tem fôlego de campeão. Abre larga distância entre os oponetes e parece imbatível. Mas no meio da maratona o Coelho, como é chamado, diminui o ritmo e acaba ultrapassado por seus oponetes deixando de lado a maratona.

A diferença entre o Inter e o Coelho da maratona é que o Inter não sabia das suas limitações. O Coelho quando entra na maratona ele tem um objetivo claro. Ir até o meio da maratona. Só. O Inter acreditou, se dedicou, acreditou no "rolo compressor" e esqueceu que poderia ter falhas. O Colorado jogou ontem 90 minutos da mesma forma. Trocando passes rápidos para a entrada rápida de seus atacantes. A LDU, valente e muito competente na marcação, se valeu dessa repetida e inoperante forma de jogar, uma forma sem variações. Todas as bolas passar por D'Alessandro e sempre é no toque em profundidade. E além de marcar bem isso, soube tirar proveito do momento da zaga colorada. Vou dizer... Parabéns a LDU pelo grande jogo. Jogaram muito bem. Mas contaram com um adversário sem surpresas.

E agora, é ou não Coelho de Maratona? Saberemos na próxima quarta-feira. E a volta em Quito será um reflexo da próxima quarta.

Saudações!

5 comentários:

Fernando Amoretti disse...

Difícil falar de limitações.

O grupo colorado não é tão bom assim, como se pensava.

SAudações...

Felipe Cunha disse...

Discordo totalmente.

O grupo colorado é sim muito bom. Ontem não se perdeu por limitações técnicas. D'alessandro á mal jogador? Taison é mal jogador? Guina é mal jogador? Sandro é mal jogador? Andrezinho é mal jogador?

Claro que não.

O Internacional perdeu o rumo, isso é muito diferente de não ter qualidade. A derrota injusta por 2x0 para o Corinthians desconcertou o Internacional. Ontem mesmo o Andrezinho era para ser expulso no primeiro tempo por uma entrada criminosa, ele é um jogador violento? Não, não é. Ali ficou claro a desconcentração dos jogadores colorados.

Muita calma nessa hora, o momento é dificil, mas não quer dizer que esta tudo errado.

Fernando Amoretti disse...

Felipe, não me fiz entender.
Quando falo de grupo, me refiro aos reservas.

Os titulares tenho a mesma confiança do início do ano.

Saudações...

Fagner Pereira disse...

É, eu não disse que se tratavam de mals jogadores. Aliás, não são. O elenco é ótimo. Me refiro a falta de alternativas e jogadas. O time insistiu ontem na mesma forma de jogo o tempo todo. E não me pareceu ter outras opções. A fórmula do sucesso do colorado naufragou. E agora? É disso que se trata o novo rumo. O inter precisa surpreender o seu adversário, normal em futebol. Variações e alternativas.

Felipe Cunha disse...

Acho cedo para constatar este neufrágio. Prefiro aguardar mais alguns resultados.