quarta-feira, 24 de junho de 2009

Quase ex-jogadores


Procurando fugir um pouco do eixo regional, venho falar de ex-jogadores que insistem em continuar jogando e por algumas vezes se dão bem. Exemplos de Ronaldo(Corinthians) e Adriano(Flamengo).

Mas casos como os de Fred no Fluminense e principalmente Denílson, que estava tentando atuar no futebol vietnamita (???), são curiosos.
Ora, vejamos o contrato do Denílson, ganhando por jogo pouco mais de R$ 20 mil, por gol feito (acho que contra não vale) R$ 5 mil. Jogou uma partida e lesionou-se. Levou dois jogos para estrear fazendo com que a torcida jogasse objetos como cadeiras e bandeiras pegando fogo no campo. Estão banidos de ir ao estádio até o fim da temporada.

É triste ver que jogadores se colocam nessa condição de quase "mendigagem" (não sei nem se isso existe), para continuar atuando.


Jogadores como Rodrigo Mendes que encontra-se fazendo fisioterapia no Beira-Rio para não ficar parado.
Jogadores que negam-se a parar de jogar bola, mesmo quando seus corpos chegam a exaustão.

O que dizer dessa situação ?

Saudações...

Um comentário:

Thomas disse...

Jogador que vai pras Arábias ou pra time BEM pequeno da europa volta detonado...quase sem chance de jogar...e os que voltam de lesão também..
Pra mim, Adriano ainda não se recuperou...

Saudações Coloradas!

http://coloradoeusou.blogspot.com/