domingo, 19 de julho de 2009

É HOJE!


"Chegou o dia de mais um GRENAL na vida de todos nós"!

Não sei quem é o autor desta frase, mas eu adoro ela! Hehehe!

Hoje é um dia que o torcedor já acorda com aquele friozinho na barriga, a ansiedade toma conta de tudo. A rotina do domingo muda por causa do bendito GRENAL, momentos antes da partida aquela confiança já passa a virar preocupação. Por que todos sabemos que no GRENAL o mais importante não é vencer, e sim não perder!

Quando o vermelho e o azul se aproximam é um espetáculo a parte, eles ficam muito próximos, mas jamais se misturam, o orgulho dos dois não permite tamanha "junção". É como "o azeite na água", eles ficam extremamente próximos, colados, mas não chegam a se misturar...Isso jamais! Cada um no seu lado, cada um no seu espaço.

Porém mesmo que exista um rejeição "dezaserbada" entre azuis e vermelhos, todos torcedores da dupla sabem que "um não vive sem o outro". Esta frase é manjada, mas é a mais pura verdade. O Internacional precisa do Grêmio, e o tricolor não vive sem o colorado. Imaginem um mundo sem GRENAL? Seria muito sem graça...

O sentimento entre os dois clubes não é amor e nem carinho, não é raiva e nem ódio, não é amizade e nem indiferença...O verdadeiro sentimento que existe entre a dupla GRENAL é respeito! Um respeito mútuo. E é este sentimento de respeito que deve haver entre as torcidas! Faça festa! Cante! Grite! Comemore! Faça vaia! Chingue! Fale palavrões! Mas jamais levante um dedo sequer a um co-irmão seu...

Lembre-se: VOCÊ PRECISA DELE.

Que este respeito continue perdurando por décadas, por séculos, e que continue nos proporcionando este espetáculo maravilhoso entre duas cores tão distintas, mas ao mesmo tempo tão próximas.

VIVA O GRENAL!

VIVA A RIVALIDADE!

4 comentários:

Thomas disse...

2x1 Inter!
Taison vai destruir! Mesmo entrando no segundo tempo!

Pedro Rafael Marques disse...

O Taison destrui com a paciência do torcedor colorado.

Pedro Rafael Marques disse...

Uma pena, fazerem Grenais de apenas uma torcida.

Felipe Cunha disse...

Verdade Pedro.

A ignorância de alguns invadem o direito de lazer de outros.