quinta-feira, 23 de julho de 2009

A MALDIÇÃO DO 2º TEMPO


Fui ao Beira Rio ontem a noite, enfrentei frio, estacionamento embarrado, comi hamburguer gelado, etc. Tudo que um jogo as 21:50 pode nos oferecer no "gostoso" inverno do Rio Grande. E pra quê? Para ver as mesmas cenas que venho assistindo nos últimos jogos do Sport Club Internacional. O time faz um bom primeiro tempo, faz o resultado, para na volta do intervalo ceder o resultado ao adversário.

Foi assim contra o Atlético PR, foi assim contra o Fluminense (só que devido a ruindade dos cariocas acabamos vencendo), foi assim no greNAL e voltou a ser assim ontem a noite contra o São Paulo. O Inter para no 2º tempo, simplesmente deixa de jogar. O 1º tempo de ontem o colorado jogou muito bem, conseguiu tocar a bola, fazer triangulações, chegar a frente, enfim a equipe produziu bem.

Já na segunda metade de jogo parecia uma outra equipe, o Inter novamente não voltou do vestiário e só assistiu os paulistas jogar. E o São Paulo apesar de não ter treinador, tem bons jogadores. Dentre estes bons jogadores apareceu o diferenciado Jorge Wagner, e ele simplesmente desmanchou o time do Tite.

Porém mesmo dando méritos ao excelente Jorge Wagner, não se pode tirar os deméritos colorados. E a minha avaliação é que o Internacional vem cansando no segundo tempo, é a única explicação plausível para tamanha discrepância de atuação entre um tempo e outro. Fora isso o Tite contribui com suas substituições erronêas habituais, ontem ele tirou Sandro que estava bem no jogo para colocar D'Alessandro, enquanto isso Magrão se arrastava em campo. Nem mesmo o cartão amarelo que o Sandro havia recebido justifica a alteração, já estava 2 X 2 era hora de correr riscos.

Depois a substituição padrão: Giuliano por Andrezinho, incompreensível. Não pelo menino Giuliano, mas por que Andrezinho estava bem. E para finalizar ele desta vez ele inovou com uma susbstituição desesperada após os 40 minutos do segundo tempo: Tirou Índio, para colocar Taison.

Substituições erradas e em momentos errados! As alterações deveriam ocorrer no início do segundo tempo, quando era claro e evidente que o São Paulo havia "acachapado" o Inter.

Final de jogo, vaias para Tite.

E era isso!

8 comentários:

Fernando Amoretti disse...

Falta um líder dentro de campo.

Os jogadores caminham em campo e ninguém lhes chama a atenção.

Pedro Rafael Marques disse...

Sou fã desse Hernanes, joga muito.

Incrível, como um jogador desse nível, ainda esteja jogando por aqui e não seja lembrado pelo administrador de campo.

Pedro Rafael Marques disse...

Da arbitragem ninguém fala?

Ah tá, agora entendi...

Felipe Cunha disse...

Hernanes é craque.

Sobre o Dunga...

Deixa assim...Nem vale a pena perder tempo.

Felipe Cunha disse...

Pedro, a arbitragem foi horrível.

Deu um penalti inexistente pro SP, e teve gol impedido do Inter.

Ou seja, errou para os 2 lados.

Fernando Amoretti disse...

Realmente Pedro.
Arbitragem muito fraca.

Guiñazu não cometeu penalti.

Diogo disse...

Bah o hamburguer tava gelado mas tava bom pra caralho hehe

Felipe Cunha disse...

Por 3 pila!! Tava o ouro!!

heheh!!