segunda-feira, 13 de julho de 2009

TUDO CONTINUA IGUAL



Difícil escrever nesse momento sem ser repetitivo e amargurado com o colorado. O comando já não é mais o mesmo, o time tem muita dificuldade de se encontrar em campo e parece estar sempre cansado, sem fôlego.
Toma gols iguais, em falhas idênticas que parecem até replay ao invés de partidas distintas. Mas são partidas distintas e isso preocupa pois o campeonato é longo mas já está na 10ª rodada e o Inter é vice-líder, mas com ressalvas, com uma campanha irregular. O pecado mortal do Campeonato Brasileiro. A palavra de ordem é regularidade, e o Inter não consegue esse feito. O esquema tático saturou, foi a exaustão, não porque seja ruim, mas porque está manjado, os adversários já o conhecem e vacinaram-se contra ele. O Professor não consegue mais a atenção da turma, é necessário trocá-lo o quanto antes para que não se perca o ano, pois no futebol não há recuperação.
O Grêmio por sua vez, fez o que poucos times fizeram esse ano, marcou o Corinthians de forma sistemática, impedindo que este pudesse qualquer uma de suas estrepolias. O Tricolor colocou o Timão no seu devido lugar, mostrando que Mano Menezes não é técnico e Ronaldo Gordo não é jogador e que esquema tático por melhor que seja não resiste a marcação bem feita.
Torci pelo Grêmio para que um gaúcho vingasse a morte do arquirival frente a estes paulistas que segundo a imprensa são os campeões brasileiros de 2009. Parabéns Grêmio.

Saudações...

2 comentários:

Felipe Cunha disse...

Mano não é tecnico?

Tu torceu pelo grêmio?

Fernando, tu esta bem?

rsrsrs...

Fernando Amoretti disse...

O ódio pelo Corinthians me tomou.