sexta-feira, 10 de julho de 2009

UMA CHANCE PARA DIEGO


Diego é finalmente apresentado na Juventus. Ele agitou a pacata Pinzolo levando cerca de 10 mil torcedores, três vezes a população da cidade. Parece que o brasileiro finalmente terá a chance de se destacar no futebol mundial. Diego sempre foi um jogador que pouco brilhou em atuações pela seleção, mas é um jogador eficiente e dedicado em seu clube. Vamos ver o que o futuro guarda para Diego, pois é na Juventus que ele vai carimbar ou não a sua ida para a Copa da Africa.

Na sua apresentação Diego elogiou Del Piero e disse:
- Terei a chance de atuar ao lado de um gênio. E espero aprender muito. Quando tive a chance de acertar com o Juventus, não pensei duas vezes. É maravilhoso estar aqui - afirmou.

Outra questão que eu gosto muito é a dos números dos jogadores. Os Europeus já definem o número que aquele jogador irá usar em sua história no clube, independente do seu sucesso ou fracasso. Uma simples determinação do Marketing do clube que ajuda a vender com certeza. Aqui no Brasil as camisas de número 9 são trocadas jogo após jogo. Maxi Lopes no Grêmio usa a 16 uma escolha dele próprio pelo que sei, mas já é um avanço nesse quesito. Ainda engatinhamos na questão marketing/futebol no Brasil. Os juventinos acompanharam o primeiro trabalho e esgotaram o estoque das camisas número 28 que foram colocadas à venda em uma loja itinerante.

inté.

4 comentários:

Fagner Pereira disse...

PARA COMPLEMENTAR

Na contramão dos números, o Real madri apresentou Benzema com 15 mil torcedores no Bernabeu e acredite, Benzema não teve número definido na sua apresentação.

Fernando Amoretti disse...

Não gosto do Diego.
Acho que não deve ir à África.

Felipe Cunha disse...

Diego é muito bom jogador...de clube.

Concordo Fagner, em relação a numeração fixa. Não entendo pq isso não vira regra no Brasil.

Douglas Guidini disse...

Lembrando que a escolha de Diego seria a "10", mas como essa é do Del Piero ele optou por "28" a soma gera a tao sonhada camisa "10" da "Velha Senhora", concordo com o Fernando e acho que nao deve ir a Africa mesmo, mas desejamos boa sorte a mais um brasuca no calcio...