quinta-feira, 13 de agosto de 2009

LIDERANÇA LOGO ALI


Não poderia ter tido resultado melhor o confronto dos líderes nesta quarta-feira. Um jogo de muita marcação e grandes oportunidades desperdiçadas.

O resultado justo foi exatamente o do empate. A análise "global", indica como o maior confronto do Brasileirão até aqui. Realmente foi um jogão mas de duas equipes que se equivalem.
O Palmeiras não mostrou muito futebol que justifique sua liderança e o Galo em casa não mostrou força frente à agressão que o Verdão o afligia.

Como eu disse o empate foi o melhor resulatado para os dois e principalmente para o Inter que vê a liderança logo ali há 6 pontos de diferença com dois jogos a menos. Basta que o Inter se ajude e dos próximos 6 pontos obtenha 100% de aproveitamento, contra Santo André (fora) e Corinthians (casa).
Não é uma tarefa lá muito difícil. O Colorado está embalado e conta novamente com o apoio da sua torcida para chegar ao topo. Queremos esse Brasileiro como nunca o quisemos antes.

Para chegar lá é necessário manter a postura atual, essa mesma que se viu contra o Sport, na última segunda-feira. Um time com variações de jogadas, chegadas a linha de fundo, meio coeso e individualidades positivas. Pois é dessa maneira que se conquista um título.

Saudações...

2 comentários:

Felipe Cunha disse...

Grande jogo de dois times absolutamente comuns, mas o Palmeiras merecia a vitória.

Pedro Rafael Marques disse...

Palmeiras tem apenas dois jogadores que são diferenciados, Diego Souza e Cleiton Xavier. Enquanto que no GALO, a diferença é o poder de organização que o Celso dá a equipe.

O título está entre São Paulo, Goiás e Inter, únicos que dispõem de time e elenco, pois o resto é o Oita Trinita.