terça-feira, 23 de junho de 2009

A Estréia Tricolor - Grande Confronto!


24 de Junho. Passados mais de 6 meses do ano de 2009, o Grêmio finalmente fará a sua estréia na Libertadores 2009.

É verdade que o co-irmão não tem culpa de ter caído em um grupo de tão baixo nível técnico, e encontrar pela frente cruzamentos pífios com equipes inqualificáveis.

Mesmo não apresentando um futebol de encher os olhos, o Grêmio fez a sua parte, com algumas dificuldades, mas passou pelos fracos e chegou até aqui.

Agora tudo muda!

O Cruzeiro chega até aqui através de um caminho mais tortuoso que o tricolor gaúcho, por isso acho que a raposa começa o confronto como favorito, o que não quer dizer que é jogo jogado.

O respeito entre os clubes brasileiros é muito grande numa partida como essa e tudo pode acontecer.

A grande questão para o tricolor será sair vivo do duelo do Mineirão, ganhar seria quase colocar a mão na vaga, empatar seria um belo resultado, e até perder de pouco manteria vivo o sonho da classificação.

Acima de tudo será um grande jogo, mas devo confessar: Simpatizo mais com o Cruzeiro!

Abraços!

7 comentários:

Fernando Amoretti disse...

O repeito é grande, deve ser mútuo, pois Grêmio e Cruzeiro são duas grandes instituições.

Mas o momento é do Cruzeiro.
Espero que o Adílson não amoleça.
Palpite: Raposa 2 x 0.

Saudações...

Felipe Cunha disse...

Como já falei:

Para o Grêmio passar do Cruzeiro em 2009 tem q fazer algo que ainda não fez este ano: CONVENCER!

Thomas disse...

No Grêmio, eu acho que a única coisa que "anda" é o ataque. O meio ajuda um pouco, claro, mas o ataque do Grêmio é a "melhor" coisa do time.

Fernando Amoretti disse...

Eu discordo.
Acho que o grande problema do Grêmio desde o ano passado é exatamente o ataque.

Quanto ao resto acho um time regular.

Saudações...

Felipe Cunha disse...

Concordo com o Fernando.

E vou além, o Grêmio tem 3 jogadores: Victor, Rever e Souza...De resto o time é formado por jogadores medianos ou insuficientes.

Pedro Rafael Marques disse...

O GRÊMIO não teve nenhum tipo de dificuldade na Libertadores, tanto que obteve a melhor campanha geral da competição.

Entendo que, será como parir uma "bigorna" a passagem para a decisão da Libertadores, quase que improvável, mas que o futebol saia vencedor desse confronto.

Felipe Cunha disse...

"Parir uma bigorna" é ótimo! hehehe!