terça-feira, 23 de junho de 2009

Por que "De revesgueio"?

Bom pessoal, nosso blog esta crescendo em todos sentidos. Em acessos, leitores, colaboradores, em qualidade, enfim...Em tudo!


E tenho certeza que muitas pessoas devem se perguntar: Por que "De revesgueio"?


Esta é uma expressão bem tradicional aqui dos pampas, bem gaudéria! Mas não foi por isso que escolhemos este nome. Vou contar uma pequena história para vocês...


Eu e o colega de blog Alexandre Oliveira nos conhecemos a quase 20 anos, praticamente nos criamos juntos. E nestes anos fomos ao Gigante da Beira Rio "milhares de vezes". Quando éramos mais jovens éramos levados ao Beira Rio por um "véio de cabeça branca", este cidadão era uma figuraça, não tinha como não rir das suas peripécias. E dentro do seu coloradismo incurável, ele nos contava histórias sensacionais, especialmente claro, sobre o glorioso colorado.


Sempre frequentávamos o Gigante juntos, eu, o Alexandre e ele. Isso foi durante praticamente uma década, os inesquecíveis anos 90, e bota inesquecíveis nisso. Eu e o Alexandre na fissura por ver o Inter conquistar títulos, fazer história, e nada! Tinhamos que nos contentar com as histórias contadas por este tal "véio de cabeça branca", e entre algumas expressões dele, com certeza a mais inesquecível de todas era quando algum jogador batia meio torto na bola. Ai ele soltava: - Ele bateu meio que "de revesgueio", né?!


Inesquecível!


Bom galera, agora vocês já sabem por que somos da Equipe De revesgueio. Não é por acaso.


Ta bom, eu sei que vocês querem saber: - Quem era o "véio de cabeça branca"?


Este é véio era tão colorado, mas tão colorado, que foi aos céus convencer Deus a torcer pelo Inter. E pelo jeito conseguiu, né?!


Há! Eu já ia esquecendo, o nome dele era Celso. E o véio Celso, era o Pai do Alexandre.


Forte abraço a todos! Amanhã tem mais!



9 comentários:

Pedro Rafael Marques disse...

O inesquecível "véio Celso", que Deus o tenha. Figuraça do bem e um colorado ferrenho. Muito gritei na frente da casa dele, após episódios épicos da equipe das três cores da Azenha.

Um grande abraço ao Alexandre e família.

Fernando Amoretti disse...

Cara,
baita história.

Esse blog nasceu com passado ilustre.

Saudações...

Thomas disse...

No nome da postagem tá "De Resgueio"..

Felipe Cunha disse...

Valeu Thomas! Corrigido!

Alexandre Oliveira disse...

Sem palavras...

PS: Nunca vi ninguém assoprar uma casca de amendoin como ele...era craque!

Alexandre Oliveira disse...

Apenas um comentário que esqueci de fazer:

Pedro, até hoje te esperam no 939 da Eudoro para lavar a fachada do prédio! rsrsrs

Quer entrar para comer nóz(s)? rsrs

Grande Abraço!

Pedro Rafael Marques disse...

Essa era boa,mas quem falava isso era a Ana Paula e a Zuzu. Encontrei-as no shopping Total, já faz um mês, mais ou menos.

O seu Felipe corrigiu, mas errou novamente, colocando "resvesgueio".

Felipe Cunha disse...

Ops!

To batendo nas tecla meio que de revesgueio! hehehe!

Não me xinga Perdo! rsrsrs!

Pedro Rafael Marques disse...

Aêêêê, agora sim o seu Felipe acertou a mão.

Quanto ao assunto principal que nos move, ou seja, o mundo do futebol, devemos nos reunir o quanto antes para tratar do futuro do blog.

Um abraço a todos.