quinta-feira, 4 de junho de 2009

Podia perder...e perdeu...


A derrota de ontem no Couto Pereira, foi a segunda do Inter em seis meses de futebol brasileiro.
Vou repetir: o Inter perdeu duas partidas no ano de 2009, e já estamos no meio do ano.

Essa derrota, é merecida não para o torcedor, mas para o comandante do time colorado, nosso querido Adenor Leonardo Bacchi, o Tite. Este homem sabe como ganhar essa competição chamada Copa do Brasil, ganhou dessa maneira com nosso co-irmão tricolor em 2001. Retranca e principalmente regulamento em baixo do braço.

Quem é fã do rádio, pode escutar nas entrevistas ontem, tanto no término como já no intervalo, que a idéia na cabeça dos jogadores, bem sintetizada por Alecsandro, era não de dar show, e sim ir à final.
Pois o Inter construiu o resultado no Beira-Rio e podia perder por 1x0, e foi exatamente o que aconteceu.
Méritos do Tite.

---------------------------------------------------------

Pra falar do time, sob essas condições de jogo é difícil analisar o futebol jogado pelo Internacional na partida, mas nunca é demais ressaltar a importância e grande presença no meio campo do inigualável Guiñazu. Juntamente com Sandro, cadenciaram o jogo e fizeram uma partida de exceção aos outros jogadores que cumpriam função tática diferente de suas características habituais.

Que venha o Corinthians, o Mano Menezes, Ronaldo Gordo, a CBF, Ricardo Teixeira, Zveiter, Arbitragem, Torcedor, Gândula.

E Tite, por favor sem sufoco dessa vez, vamos amassar o que eles chamam de "CLUBE MAIS BRASILEIRO".

Saudações...

3 comentários:

Felipe Cunha disse...

Fernando não atoa que tu faz parte desta equipe. Sabe fazer a leitura de um jogo de futebol.

PARABÉNS INTER!

MAIS UMA FINAL!

Pedro Rafael Marques disse...

Mais uma coincidência da trajetória do Tite na Copa do Brasil. É a segunda vez que ele elimina o Coritiba nas semifinais e decide com o Corinthians.

Andre Vargas , de Bagé disse...

Mais esse guri é taura mesmo!!!