sexta-feira, 5 de junho de 2009

Souza...De novo...


O Grêmio em uma noite fria, venceu o Naútico e um jogo morno. O tricolor não teve uma atuação inspirada, principalmente na primeira etapa. E foi no primeiro tempo em que o Naútico conseguiu levar algum perigo a meta de Marcelo Grohe, mas nada muito relevante.

Souza como bom jogador que é, mais uma vez chamou a responsabilidade e decidiu o jogo com seus dois gols. E por ironia, justamente quando ele começava a ser vaiado pelo torcedor ele fez o primeiro gol em um belíssimo passe do Alex Mineiro. 

No final da partida o lateral Joílson que a pouco havia entrado conseguiu ser expulso por uma entrada violenta, e já estava 3 a 0. Lamentável.

Após o jogo Souza e Max Lopez trataram de espantar junto aos microfones qualquer ressentimento que tenha ficado após o episódio de Salvador, onde os dois tiveram divergências de opiniões.
Enfim em uma noite fria, de um futebol morno, valeu pelos 3 pontos e pela atuação de Souza. 

Perguntinha: Até quando o Grêmio vai se permitir ser dependente do Souza? Isso não é bom... 

5 comentários:

Thomas \o/ disse...

O Souza é o diferencial do Grêmio. Concordo. Mas vai ser difícil o Grêmio segurar ele..e aí tchau Libertadores, tchau Brasileirão..porque só vai sobrar o Tcheco!

Fernando Amoretti disse...

Souza, pode ir embora na janela de agosto ou até antes.

Mas vamos deixar claro que nem o Souza, é capaz de dar títulos que o torcedor quer nesse ano. O Grêmio precisa melhorar e muito.

Vai pro jogo contra o Fluminense na próxima rodada com 3 desfalques: o zagueiro Réver, importante no sistema de defesa e seus dois laterais direitos.

Paulo Autuori vai começar a transição para o 4-4-2. pode dar certo, mas precisa de qualidade.

Saudações...

Felipe Cunha disse...

Concordo com vc Fernando.

O Souza é bom jogador, mas só ele não faz chover.

Na minha opinião ele não pode ser o referencial do time, ele tem que ser o cara que joga ao lado do referencial, como era no São Paulo.

Pedro Rafael Marques disse...

Ele era um acessório no time paulista, e agora passou a ser solução no time gremista. O GRÊMIO carece de muita qualidade, principalmente no setor de meio campo. Tcheco não decide nem contra o saudoso Aimoré.

Felipe Cunha disse...

O Tcheco é um atraso no Grêmio. Jogador de bola parada, nada mais.