quarta-feira, 10 de junho de 2009

Violência entre torcidas




Tenho falado aquida rivalidade entre Inter x Corinthians, que se enfrentam pelas finais da Copa do Brasil.
Tenho dito que a torcida do Inter está "mordida" desde 2005, e o time também.


Mas devido ao número de visitas do blog, não quero ser mal interpretado, nem incentivar qualquer tipo de violência, contra qualquer clube ou torcedor desse país. Quero que essa rivalidade permaneça dentro do limite saudável.
Foi lamentável o que ocorreu semana passada com um torcedor corintiano, ao que tudo indica, uma briga premeditada, que teve seu começo na internet.
Cogita-se a possibilidade de permitir o acesso à apenas uma torcida no estádio de futebol, em jogos com histórico de violência.
O futebol perde com essa medida, assim como o torcedor e o clube.


Bons eram os tempos, que meu avô me contava, quando nos Eucaliptos ou na Baixada, torcedores da dupla Gre-nal não tinham lugares marcados, seguranças, mas sim, sentavam-se lado a lado para acompanhar uma bela partida de futebol. Claro que esses tempos não voltam mais.


Em época de insegurança, quando juízes não mandam mais bandidos para as cadeias, em função destas estarem superlotadas, o futebol virou desconfiança de quem fica em casa nos esperando, quando saímos para assistir a uma partida de futebol.


Portanto, torcedores, vamos tentar viver em harmonia, amar ao próximo como amamos nosso próprio clube.
Não podemos esperar das autoridades providências, temos que nos conscientizar que somos todos amantes do futebol, e o futebol é paixão, não ódio.


Saudações...

4 comentários:

Felipe Cunha disse...

Fernando, parabéns pelo tópico. De excelente gosto.

Eu e o companheiro de blog Alexandre Oliveira na próxima terça feira estaremos rumando a São Paulo para acompanha Corinthians X Inter no Pacaembu.

Estou muito ansioso pela viagem e pelo jogo é claro. Tenho comigo as melhores espectativas possíveis em relação a segurança. Por outro lado já psicologicamente preparado para algum momento de "tensão".

Pedro Rafael Marques disse...

Eu admiro o povo carioca, porque no Maracanã no setor de cadeiras do anel inferior, todas as torcidas ficam misturadas. Quem criou esse problema sem fim nos estádios, foram as torcidas organizadas que são um bando que se traveste de torcedor e suga as finanças do clube. Mas, como país-sede de uma Copa do Mundo, temos que solucionar esse conflito, o quanto antes e expulsar essa meia-dúzia dos estádios brasileiros.

Alexandre Oliveira disse...

Belo comentário Fernando! Mas infelizmente a realidade é cruel mesmo!

E as organizadas ainda existem, e se utilizam da internet para isso mesmo!

Só acho que os clubes deveriam fazer campanhas de paz constantemente, e não de forma exporádica...Talvez não mude nada, mas de braços cruzados não podemos ficar...

Felipe Cunha disse...

O Alexandre tem razão, fazer campanha pela paz só quando morre gente não adianta...