sexta-feira, 24 de julho de 2009

MOMENTO TRICOLOR


Parece que o clima de euforia pós-greNAL já não existe mais pelas bandas do Olímpico Monumental. O time que após a vitória no clássico era reverenciado por torcida e imprensa, 4 dias após a vitória consagradora já esta novamente sob desconfiança.

Futebol é assim, futebol sempre foi assim. Não podemos ir do céu ao inferno em tão pouco tempo, "temos que procurar o equilíbrio", como diz meu "Pastor Tite". E ele tem razão. O Grêmio no clássico foi o Grêmio que todos conhecem, venceu pela voluntariedade e pela depêndência crônica de Souza. O Grêmio não virou um super time após o greNAL, suas carências continuam, reforços precisam desembarcar na Azenha o quanto antes. Mas sobre isso já falamos.

O tricolor parece aquele guri de apartamento criado pela vó, quando esta perto da "nona" é valente, mas quando sai da barra da saia da véia mostra a realidade, e se transforma num "bebê chorão". Foi assim contra o Avaí e nas outras 4 derrotas fora de casa. O Grêmio precisa urgentemente somar pontos fora dos seus domínios, caso contrário não irá figurar no G4.

Além deste problema, ontem o capitão Tcheco desabafou: "Quando perdemos a responsabilidade é minha, quando vencemos o aplaudido é o bonitinho da torcida", fazendo clara referência a Maxi Lopez.

O Capitão "derrota", não chega estar totalmente equivocado, realmente ele vem pagando uma conta que não é só dele. Porém esta demonstração de "ciumeira" com o companheiro não é boa para o ambiente tricolor, isto demonstra uma certa falta de comando. Não vamos esquecer das indiciplinas de Ruy e Alex Mineiro, os dois acabaram deixando o Olímpico. Será que Tcheco sofrerá alguma "punição"? Ou o protegido da direção terá um tratamento diferenciado como de costume.

Amanhã o "gurizinho da vovó" joga em casa, e ai Mario Fernandes volta a ser Cafu, Souza será genial, Maxi Lopez matador, etc, etc, etc.

E era isso!

8 comentários:

Fagner Pereira disse...

Grandes alegrias trazem grandes frustrações. Bom mesmo é ficar na mesmice sempre né?

Felipe Cunha disse...

Fagner, não seja injusto. Eu mesmo escrevi post criticando o Internacional.

Aceite a crítica e debata sobre ela...Ou esta tudo bem na Azenha?

Fernando Amoretti disse...

Felipe, acho que tudo que escreveste é a realidade.
E volto a afirmar que o Grêmio venceu o clássico muito mais pela apatia colorada do que por seu empenho.

Quanto a imprensa estamos falando de Rio Grande do Sul, a imprensa sempre foi e continua sendo AZUL.

BOMBA NO GRÊMIO !!! MÁRIO FERNANDES SUMIU.

BOMBA NO GRÊMIO !!! MÁXI LOPEZ FEZ CHAPINHA.

Fagner Pereira disse...

só constatei. Não quero discutir sobre isso. Mas constatei que grandes alegrias (vitória merecida e justa no GREnal) trazem grandes frustrações (como perder para o fraco Avaí). E acrescentei que o Inter fica sempre na mesmice de não ganhar. E perguntei se isso é melhor. Se tu escreveu um post criticando o Internacional, parabéns. Mas foi uma constatação. Ponto.

Felipe Cunha disse...

Fagner, bla bla bla. E o conteúdo do post tu continua ignorando...

Aliás, da onde que grandes alegrias trazem grandes decepções? Que teoria é esta?!

Perdeu pro Avai por incompetencia, não por ter vencido o greNAL. Daqui a pouco vamos concluir quem ganhar greNAL é ruim.

Fernando Amoretti disse...

O Inter iludiu-se com o Campeonato Gaúcho e os Grenais e hoje vive momento ruim. O grêmio não aprendeu com isso. Ganhou o Grenal e achou que fosse o melhor time do Brasil.

Os mesmos erros e as mesmas falhas.

Fagner Pereira disse...

Que isso Felipe, tu pode mais que isso.

Alegria e frustração não tem nada a ver com jogar bem ou incompetência.
Mas ok, vou explicar, denovo.

Quando o Grêmio ganhou o GREnal, a torcida se enxeu de alegria e esperança.
(isso é a grande alegria)

Quando o Grêmio perdeu para o fraco Avaí, a torcida, que estava eufórica, passou a desacreditar no time.
(Isso é a grande frustração)

Sacou agora? Não tem nada a ver com o time do Grêmio e sim com o momento do torcedor gremista. E no final, o momento do torcedor colorado não é de altos e baixo e sim de mesmice e pouco futebol.

E eu não estou ignorando o post não, inclusive, se tu for mais além, verá que acrescentei uma linha a mais com a percepção do torcedor gremista. Mas se lidar com comentários é um problema tão grande assim, eu páro. :D

Felipe Cunha disse...

Muita filosofia.

Pra mim futebol é pratico. Mesmoq ue se viva de paixão, tem q se ter um bom senso. Domingo o Grêmio era o máximo, na quarta perdia pro Avai...

Qual o Gremio verdadeiro? Pra mim, nenhum nem outro, mas o mais parecido é o que perdeu pro Avai...Já que greNAL é um jogo atípico.