quinta-feira, 2 de julho de 2009

OS MOTIVOS DA FRUSTRAÇÃO - E VIDA QUE SEGUE.

Primeiramente quero parabenizar o Corinthians pelo título, foi merecido, principalmente pela atuação no primeiro tempo do jogo do Beira Rio.

Vou elencar dois fatores fundamentais que NA MINHA opinião levaram o Internacional a perder o título da Copa do Brasil. Claro sem tirar todos os méritos de Mano Menezes, um baita treinador.

Há só um detalhe, para não passar desapercebido: Para perder uma final, é necessário chegar nela, ok?

Vamos aos fatores:

1º) Questão anímica do time. O Beira Rio estava lindo, fervendo, um caldeirão. Tinhamos convicção que a equipe colorada entraria mordendo, comendo grama. E não aconteceu, o time foi apático salvo 3 execeções: D'Alessandro, Guinazú e Nilmar. Estes honraram o manto, brigaram o tempo todo pela bola. Mas falta ao Inter uma grande liderança, desde a saída de Fernandão não temos mais um "dono do time". Temos alguns jogadores de personalidade, mas falta o grande líder.

2º) Tite foi muito mal. Diferentemente do blogueiro Alexandre Oliveira, acho que o Tite não errou em entrar com Glaydson, como também não erraria se entrasse com Andrezinho, é uma questão de leitura. E a leitura feita por Tite é de que 2 X 0 é um placar normal, que não necessitaria se jogar para cima do adversário. O Andrezinho seria uma "carta na manga", caso Andrezinho iniciasse a partida seria mais complicado mudar a forma de jogar.

Porém, agora vem a colaboração de Tite para o mal resultado. Faltou ao Internacional alternativas de jogo, variações. O Internacional vem sendo e foi previsível. As investidas se resumem a velocidade de Taison e Nilmar, não houveram ultrapassagem dos volantes, penetrações pelas pontas dos laterais, nada disso. Somente a insistência de tabela infortuitas pelo meio.

Outro erro: No momento que tomamos o primeiro gol, Tite deveria ter colocado o Alecsandro e ir para cima do Corinthians de qualquer jeito. A mudança no intervalo foi tarde.

E para fechar a noite infeliz de Tite foi a atuação da zaga colorada. Tomar um gol de cabeça de um jogador de 1,69m é inadimissível. Fora que mesmo com 3 zagueiros (não esqueçam que Bolivar é zagueiro) e 3 volantes o Corinthians entrou na área com muitas facilidades. E ai faltou o dedo do treinador.

Perguntinha: Onde estão os "chutadores" do Beira Rio?

Não dá para entrar sempre de bola e tudo! Para fazer gol tem que chutar!

**************************************************************

Vida que segue.

A partir de agora o Internacional tem duas opções:

1º) Manter Tite e seguir em frente.
Quero deixar claro aqui que sou grato e adimiro o trabalho de Tite, só que após perder a Copa do Brasil será muito complicado para o atual treinador remobilizar este grupo. Acho até se o Adenor sair agora sai de portas abertas do Beira Rio. Se ficar, ele terá que mudar algumas coisas, fora o desafio de motivar novamente o grupo de jogadores.

Mas pelo que conheço da direção, Tite deve permanecer até por que seus números são excelentes. Porém o técnico colorado terá que criar "novos fatos" na equipe, como por exemplo largar de mão os 3 volantes.

2º) Trazer Muricy Ramalho.
A volta de Muricy ao Beira Rio seria uma sacudida no ânimo de todos. A motivação voltaria e certamente o atual TRI (TETRA) Campeão Brasileiro daria maiores garantias de sucesso ao Inter na atual competição nacional. Até por que mesmo reconhecendo a capacidade de Tite, inegavelmente Muricy Ramalho é mais competente que ele.

Vamos lá colorado. Perdemos, mas a vida segue. Domingo tem jogo e vale 3 pontos mais uma vez! Há, e ainda dá pra buscar a Recopa!

8 comentários:

Fagner Pereira disse...

ótima análise.
Eu escrevi sobre a maneira de jogar neste post

http://derevesgueiors.blogspot.com/2009/06/o-coelho.html

dá uma liga e verá que o Inter joga da mesma forma sempre e não tem alternativas de jogadas.

Fernando Amoretti disse...

Futebol vive de resultado e se for trocar de técnico, tem que ser agora.

Não podemos deixar escapar a vaga da Libertadores do Brasileiro.

Saudações...

Felipe Cunha disse...

A tua análise do "coelho" foi muito boa.

Só concordei e não concordo em relação ao "naufrágio", desta forma parece que esta td errado, o que não é o caso.

Fagner Pereira disse...

Vamos denovo.

Eu falei: "A fórmula do sucesso do colorado naufragou." Não significa que está tudo errado. Acredito nos jogadores do Internacional. São bons jogadores. Gosto da postura dos jogadores. Mas naufragou o esquema de jogo. Naufragou a mesma insistente forma de jogar. E isso não tem nada a ver com esta tudo errado.

Felipe Cunha disse...

Vamos aguardar as cenas do próximo capítulo.

É necessário tirar aprendizados deste momento.

Fagner Pereira disse...

Morreremos todos abraçados amigo!

Felipe Cunha disse...

Acho que tu deveria ter alguma esperança. O Cruzeiro é meio amarelão.

Fagner Pereira disse...

Essa foi só pra tu ver q eu acompanho a tua dor. :D

Leia:
http://derevesgueiors.blogspot.com/2009/07/por-eder-fischer.html