sexta-feira, 17 de julho de 2009

Para os desavisados que teimam em discutir sobre o óbvio ululante, quem ganha a América e disputa o Mundial Interclubes só pode ser intitulado de um modo: CAMPEÃO MUNDIAL. E para que o senhor Felipe Cunha saiba, o Boca se encontra entre os campeões mundiais sim, vide exemplo na foto que encabeça o post.

Quem vence o representante europeu numa decisão não pode ter outro nome, ou alguém com o juízo em dia, considera que o Raja Casablanca, Al Ahly ou o Adelaide United serão campeões mundiais em algum momento da existência do universo?

Vendo por essa ótica ilusória que alguns colorados procuram desmerecer o Mundial conquistado pelo
GRÊMIO, entendo que o Campeão da Libertadores da América também não é um campeão de fato. Até porque, não vejo times norte-americanos, costa-riquenhos, jamaicanos, guatemaltecas entre outros menos votados, disputando a competição americana. Ou o nome da competição está errado ou os conceitos de futebol só valem, quando favorecem os seus.


Obrigado,
RENATO!

3 comentários:

Felipe Cunha disse...

Caiu!!!!!!!!!!!! O "amante do futebol" tirou a mascára!!!!

É isso a meu brother, isso é ser gremista!!! Até que um dia tu deste a cara a tapa!!! Largou o discursinho político e foi verdadeiro.

***********

Agora vamos lá "gurizinho do pai..."

O que vale mais? Uma capa de revista velha que tu tirou do baú do google que não é vinculada ao clube, ou o site OFICIAL do clube?

http://www.bocajuniors.com.ar/el-club/titulos

Meu querido e nobre colega, o futebol vem dando lições ano a ano de que os pequenos podem beliscar. Então eu em sã conciência acredito sim que alguém fora do eixo possa um dia levar o Mundo.

A partir de agora torcerei muito para q isso ocorra, só para ver quais serão teus novos argumentos.

- O nome da competição não esta errado e nem os meus conceitos. Até pq estes países que tu citou tem o direito de disputar a competição da Concacaf e quando vencem são chamados de "Campeões da America Central" e nós aqui por costume falamos "Campeões da America", mas não é preciso ter um inteligência acima da média em saber que a competição é disputada somente pela America do Sul + México.

Fernando Amoretti disse...

Concordo com a coisa mais coerente da discussão.

A DENOMINAÇÃO.

Não há necessidade de haver Concacaf, se existe a Libertadores da América.

A América é uma só. Ou é divida em 3.
Sul, Norte e Central.

Felipe Cunha disse...

Fernando, na verdade a necessidade de se dividir é por questões geográficas. A América é muito grande, imagina Inter ou Grêmio ir jogar um jogo no Canadá...

Já na Europa, é mais simples. Os países são "pequenos" e próximos um do outro.