terça-feira, 14 de julho de 2009

PRECISA RODAR UM POUCO MAIS

Sabe, até acredito que num futuro não muito distante, ele possa vir a ser um grande treinador. Todavia, entendo que deva rodar um pouco mais no mundo do futebol para dirigir uma equipe de porte como o Santos. A estruturação das equipes dele são bem interessantes, mas os conceitos me deixam intrigado.

Mancini, teve grande destaque na equipe do Paulista de Jundiaí, onde conquistou a maior glória da equipe do interior de São Paulo. Um equipe que tinha uma rapidez nos contra-ataques e um meio campo compacto. Destaque para jogadores como, Márcio Mossoró, Léo, Cristian do Corinthians e o zagueiro Réver. A equipe teve uma campanha em que eliminou grandes clubes brasileiros, uma credencial importantíssima para um treinador em início de carreira. A trajetória e o histórico, lhe garantem a possibilidade de treinar qualquer equipe do Brasil.

Mas, esse conceito de franco atirador, precisa sair da cabeça dele, pois para administrar uma equipe grande, o pensamento tem que acompanhar essa grandeza, porque do contrário, será sempre lembrado pelo que fez no Paulista e nunca vai se livrar desse estigma.

E vocês, acreditam nele como futuro treinador de renome nacional?

Um comentário:

Felipe Cunha disse...

Grande post.

Concordo em gênero, número e grau.