terça-feira, 1 de setembro de 2009

O DONO DO GRÊMIO


Já que os gremistas do Blog estão um pouco ausentes por falta de tempo ou afins, vou eu direcionar este post ao tricolor da azenha.

Quero falar pontualmente sobre Paulo Autuori.

Já falei em outros posts que o Grêmio demorou demais em contratar seu novo treinador e isso lhe custou a Libertadores da América, diga-se de passagem a Libertadores mais fácil já disputa pelo Grêmio até hoje. A direção gremista apostou todas suas fichas em Autuori, lhe entregou "todo o futebol" do clube para que ele fosse um Menager.

Dizem que Autuori vem reformulando as categorias de base do Grêmio, isso é muito legal, mas é "acessório". Só será válido se os resultados de campo vierem, com todos os treinadores é assim. Primeiro as vitórias depois o resto, o torcedor é pacional, ele não quer saber de planejamentos ou projetos a longo prazo.

Vamos ser diretos, qual foi o resultado prático do treinador até agora? Uma eliminação em casa na Libertadores da América e um 9º lugar no Campeonato Braileiro até o presente momento. Não sei a opinião dos leitores, mas não é pouco para um treinador que ganha quase 300 mil reais mensais? E que tem autonomia de fazer e acontecer dentro do futebol gremista?

Alguns me dirão, mas o Grêmio não tem qualidade. Concordo que Grêmio tenha um time modesto, eu diria mediano. Mas com certeza tem um time para estar melhor colocado no campeonato, o tricolor tem sem sombra de dúvidas uma equipe melhor do que o Barueri, Avaí e Atlético MG e no mínimo igual ao Corinthians ATUAL e todas estas equipes estão na frente do Grêmio na tabela. Há, será que o Goiás é tão melhor que o Grêmio? Não sei se é, mas as campanhas são bem diferentes...

Já fiz esta pergunta antes e vou repetir:
SE FOSSE O CELSO ROTH QUE PERDE-SE PRATICAMENTE TODOS OS JOGOS FORA DE CASA, COMO SERIA?

Lembrando que o Celso, era líder ano passado e era cobrado e criticado como se tive disputando rebaixamento. Ouvia-se vaias estrondosas em todos os jogos no Olímpico quando seu nome era anunciado nos alto falantes.

E AUTUORI? SEGUIRÁ SENDO APLAUDIDO? SEGUIRÁ SENDO TRATADO COMO UMA ENTIDADE ACIMA DO BEM E DO MAL?

Em meados de maio quando o treinador foi enfim anunciado após longos 50 dias de espera, o blogueiro que vos fala publicou um post (http://derevesgueiors.blogspot.com/2009/05/ademus-treinador.html#links) enaltecendo o profissional, porém fazendo ressalvas em relação ao grupo de jogadores. Disse que Autuori precisaria de qualidade, como venho falando sempre. Serei chato, vou repetir: AUTUORI NÃO TIRA LEITE DE PEDRA, NUNCA TIROU!

Foi campeão quando teve times de qualidade nas mãos, quando teve equipes medianas AFUNDOU, e não foram poucas vezes: Flamengo (98), Botafogo (99), Inter (99), Santos (2000), Cruzeiro (2000), Botafogo (2001) e Cruzeiro (2006 e 2007).

Porém, mesmo alertando sobre esta incapacidade real e notória do atual treinador, não posso isenta-lo de ter no mínimo uma campanha descente fora de casa no campeonato nacional. Dentro de casa o Grêmio é forte e vencedor, não precisa do Autuori para isso. O Grêmio precisa do nosso Paulo "ta entendendo" Autuori é fora de casa! O Grêmio tem junto com o Inter o segundo melhor ataque do campeonato, ou seja, gols sabe fazer. Precisa da competência do seu treinador para "fechar a casinha" la trás, precisa da competência do seu treinador para dar postura a equipe!

Alguns me dizem: Eu já vejo o dedo do Autori no time. AONDE CARA PÁLIDA? A diferença do time do Celso Roth para o do Autuori são os números, que são muito piores!

Para finalizar, o problema do Grêmio não é apenas o Paulo "ta entendendo" Autuori. Sua direção é fraca, não tem pulso, nem personalidade, ou alguém vai me dizer que Luiz Onofre Meira que chega a gaguejar nas entrevistas cobra Autuori com veemência? E o Kroeff? Esse chegou a declarar que o Grêmio colherá frutos com Autuori em 2010.

Hááá Presidente, faça me o favor, não tire a torcida gremista pra boba! O Grêmio é grande, a torcida quer vencer, quer ver seu time campeão!

A conclusão que chego é que Paulo Autuori é DONO DO GRÊMIO, tudo que ele fizer contará com a benção dos "homens fortes" da direção tricolor.

Talvez os gremistas não tenham gostado do meu post já que sou colorado. Mas dúvido que lá no fundo não concordam comigo. É hora da torcida tricolor acordar, ou será tarde demais...Se é que já não é.

E era isso!

5 comentários:

Fernando Amoretti disse...

Post irretocável sobre as verdades da Azenha.

Ao contrário do autor do post não posso concordar que Autuori seja bom treinador pois não é.

Treinador bom é o Silas. Falo besteira ? Treinador é avaliado pelo desempenho, resultado. E nesse quesito Silas está muito mais habilitado que PA.

Quanto a direção gremista é uma vergonha, incompetente, medrosa, chorona e má administradora de um clube que traz treinadores fracassados e manda embora treinadores que fazem campanha invicta em primeira fase de Libertadores da América.

Não quero entrar no mérito de treinador bom ou ruim, e sim no mérito de RESULTADO. E nisso Celso Roth dá uma saranda.

Saudações...

Fagner Pereira disse...

ok Felipe, tu vem falando disso há muito tempo aliás, não muda a tecla. Mas eu sou aquela parcela da torcida que gosta e acredita no longo prazo. E no longo prazo eu acredito em Paulo Autuori. E na minha opinião, humilde opinião, acho que o condutor da azenha está errando no esquema tático do tricolor, não há peças para o 4-4-2 no olímpico, o time rende muito mais no 3-5-2. O que vemos é um time no meio de dois esquemas. Mas isso é no curto prazo.

Felipe Cunha disse...

Fagner, respeito tua opinião e não acho ela errada sobre o longo prazo. Ela é certa. A questão é o custo benefício, Paulo Autuori custa caro, muito caro e por mais que exista um projeto a longo prazo ele deveria mesmo que em pouco tempo ter mostrado mais.

É o mesmo que tu contratar um centroavante que tenha um salário de 300 mil reais e demore um ano para fazer gol. Quando faz um alto investimento vc necessita de resultados rápidos.

Dando tempo para treinador existem vários que podem dar resultado, é normal treinadores terem sucesso quando ficam um ou dois anos em clube. A questão é que o tricolor apostou em treinador "diferenciado" e ele pelo que custa e pelo seu "currículo" tinha a obrigação de "dar mais" ao Grêmio.

A longo prazo eu apostaria num Silas da vida como disse o Fernando, um técnico sem expressão necessita ser blindado, protegido pela direção. Mas um profissional experiente e renomado como Autuori tem que ser cobrado!

A situação esta muito confortável para "Senhor Ta entendendo".

Douglas Guidini disse...

Infelizmente como gremista de sangue azul, sou obrigado a concorda que PA não é treinador para o Grêmio.

Acho que já havia comentado verbalmente que o Grêmio está a cada jogo perdendo sua cara, o time nao tem "pegada" falta algo nesse time do PA.

Mas tambem concordo com o Fagner que o trabalho a longo prazo trará bons frutos. Ou sera que o Inter ganhou o que ganhou sem trabalho a longo prazo? Sem contratos longos?

Pois é esse trabalho tem o que dar certo SIM !!! Mas não vejo PA a frente desse time.

Esse trabalho poderia ser bem feito por um técnico com identidade e com cara de Grêmio e me arrisco a dizer que até Wagner Mancini poderia ter iniciado tal trabalho.

Felipe Cunha disse...

Douglas, eu concordo e acho que a opção a longo prazo é a melhor. Mas para isso vc contrata um treinador "mais em conta", tipo o Mancini.

É mesma coisa o Inter contratar o Vanderlei Luxemburgo ou o Muricy...Tu acha que a torcida colorada vai dar tempo pra eles? Óbvio que não, justamente por se tratarem de treinadores de primeira linha...

Essa foia idéia do Grêmio ao trazer o Autuori, ter um menager que tivesse um projeto a longo prazo, mas tb alguém que trouxesse resultados. E os resultados até agora são pífios...

Repito: A SITUAÇÃO DO AUTUORI ESTA MUITO CONFORTÁVEL.