segunda-feira, 14 de setembro de 2009

O TERMÔMETRO COLORADO


Falamos aqui outro dia e concordamos que Guiñazu é o termômetro colorado e essa afirmação é correta. Pois bem, Guiña jogou na tarde de ontem a pior partida desde sua chegada ao Beira-Rio.
Vou crucificá-lo aqui pois nem só de momentos bons vive um jogador. Estamos acostumados a ver grandes atuações desse jogador quando ninguém mais está bem. Mas se temos discernimento para elogiar quando ele vai bem, precisamos também ter coerência para criticar quando ele não vai bem.

Não é que o grupo tenha feito uma partida ruim, mas faltou algo a mais, faltou principalmente atenção. Jogando em casa ás vezes o time tende a querer resolver rapidamente a partida e acaba se afobando, tropeçando nas próprias pernas e isso aconteceu ontem no Gigante.

Mas o Inter está com a famosa pinta de Campeão. O Palmeiras perdeu manteve a distância de um ponto para o vice-líder. O São Paulo, como de costume, ganhou do Avaí. Mas o São Paulo não me preocupa pois tem jogado muito pouco. Se vai brigar pelo título com Inter nossa vida será facilitada. O São Paulo é um time bem limitado que tem ganho suas partidas muito mais pela camisa do que pelo time e futebol que vem apresentando.

E o Palmeiras já mostrou do que é feito. Diego Souza faz muita falta ao Verdão, portanto cabe a frase célebre de quando o Ronaldinho Gaúcho estava aqui: "Uma andorinha não faz verão...".

O Inter, tem time para ser campeão, tem condições para isso já que enfrenta ainda o São Paulo, naquela que pode ser a grande final do campeonato. Mas precisa jogar de forma mais simples. Em time que está ganhando não se mexe. Sandro voltou ótimo, mas porque não brigou por vaga ? Infelizmente na minha opinião a Seleção lhe fez mal.
Sandro é excelente jogador, mas não deviam ter contado isso a ele. Ele não quer mais marcar, está displicente e cheio de marra.

Quanto ao Grêmio, parabéns, jogou bem e principalmente tranquilo. Sem pressão, como a derrota já era esperada jogou sem grandes problemas e soube aproveitar as chances que teve. Jonas artilheiro do Brasileirão está nessa condição porque ninguém o cobra nada. Há quem goste de pressão e quem não goste.

Saudações...

Um comentário:

Felipe Cunha disse...

Acho injusta a cobrança em relação ao Sandro por causa de uma partida.

Ontem o conjunto foi mal, acompanhado pela grande atuação do Cruzeiro.