quinta-feira, 3 de setembro de 2009

PEDIDO DE DESCULPAS - ANTES TARDE DO QUE NUCA!


Através deste post, quero manifestar meu pedido de desculpas a todo o contexto diretivo do Sport Club Internacional. Em especial, Fernando Chagas Carvalho Neto, atual vice presidente de futebol do clube.

O assunto já é antigo, pois como todos dizem, o futebol é dinâmico, mas mesmo assim retorno a ele: O caso Fernandão!

Neste blog, há algumas semanas, relatei meu profundo desapontamento e repúdio com a não contratação de Fernandão por parte do Internacional.

Fiz isso, sem nenhum embasamento, sem nenhum conhecimento de causa, tão pouco conhecimento dos fatos que cercaram a novela.

Fiz apenas no calor da emoção, com dor de cotovelo, com ódio, com mágoa, expressando-me apenas com o sentimento, não com a razão.

Mas aí, surgiram novos fatos, que me fizeram repensar uma atitude "impensada" de minha parte.

Fernandão veio a Porto Alegre. Veio enfrentar o clube que o projetou para o "estrelato". Veio com gana! Veio com mágoa! Veio sedento!

Até aí, nada demais. O que pode se esperar de um jogador profissional senão o tal profissionalismo? A vontade de vencer? Mas Fernandão foi além...

Simplesmente IGNOROU a bela manifestação de carinho do torcedor para consigo. Nem sequer olhou para as arquibancadas que tantas e tantas vezes, ele mesmo fez tremer.

Simplesmente IGNOROU seus ex companheiros, que tantas e tantas vezes o ajudaram a sair de campo ovacionado como herói! Não abraçou ninguém, apenas foi abraçado.

Fernandão veio a Porto Alegre para derrotar um clube que ele ajudou a ser vitorioso. E saiu derrotado.

Fernandão veio a Porto Alegre, para sair de campo com o Beira-Rio em sua barriga. Foi simplesmente engolido pelo palco em que brilhou.

Como se não bastasse tudo isso, o jornalista Wianey Carlet, publicou em seu blog, que teve acesso aos e-mails da "tal negociação". Fernandão teria utilizado de palavras descabíveis contra o homem que já o fez inclusive chorar.

Fernandão jamais deixará de ser o maior ídolo colorado. Sua trajetória com o manto vermelho, jamais será apagada, jamais será esquecida.


Mas desta vez, o grande símbolo da centenária história colorada, errou o gol mais feito de sua vida.

Fernando Carvalho e Vitório Píffero, me perdoem.


Abraços!

3 comentários:

Felipe Cunha disse...

Belo post Alexandre.

Fernandão esperava um tapete vermelho no Beira Rio, uma recepção de estrela com todas pompas no seu retorno como jogador ao Beira Rio.

E realmente ele mereceria tudo isso se fosse novamente contratado. Porém ele não pode exigir tal atitude do clube, isso é no mínimo falta de humildade.

F9 foi infeliz durante todo este episódio, desde sua explanação no seu blog quando disse que o Inter havia lhe fechado as portas, e finalizou ignorando as homenagens que recebeu da torcida dentro do Beira Rio no último domingo.

Como disse Fabiano Baldasso: Fernandão é um GIGANTE, mas o Internacional é MUITO MAIOR!

Se Fernandão é o que é, é graças ao Sport Club Internacional, e não ao contrário.

Seguirá sendo meu grande e eterno ídolo, nada vai apagar sua linda história no Internacional. Tenho a certeza que ele ainda voltará a prestar seus serviços ao colorado seja na função que for e todos estes tristes acontecimentos serão esquecidos.

gabrielagoas disse...

de tudo valeu o que o capitão américa fez enquanto esteve no Inter, hoje é passado


parabéns ao blog que soube reconhecer tal equívoco de nosso ídolo

grande abraço
acessem também interlagoas.blogspot.com

Fernando Amoretti disse...

Belíssimo post e belos comentários.

Nada a tecer. Somente quero reforçar o que o Felipe escreveu: O Inter é MUITO MAIOR que todos.

Saudações...