domingo, 11 de outubro de 2009

O QUE DEVERIA SER ESQUECIDO FOI IMORTALIZADO



Podem dizer que é coisa de colorado, mas não foi eu e nem outro torcedor do Internacional que esta dizendo. A torcida GREMISTA elegeu como fato de maior orgulho da história do clube, pasmem: A BATALHA DOS AFLITOS.

Esta duvidando? Então confira você mesmo: CLIQUE AQUI!

Isso com certeza é um dos fatores que explicam a decadência do Grêmio no mundo do futebol em questão de ambição a grandes conquistas. A pior coisa que aconteceu na história do Grêmio, foi esta maldita "Batalha dos Aflitos". A partir desta "epopéia tricolor", a torcida gremista se tornou uma nação conformada e de pouca ambição.

Desde de 2005 o clube forma times de médios para fracos que não possuem qualidade suficiente para erguer taças do tamanho do Grêmio. O fato ocorrido em Recife alienou os gremistas em geral, que desde ali acham que o seu clube de coração pode ganhar tudo com qualquer time devido a tal "imortalidade". E infelizmente para a nação azul a "imortalidade" escrita em versos por Lupicínio Rodrigues, não passam de belas palavras cantadas no hino gremista. Em momentos grandiosos quando o clube precisou da dita imortalidade os resultados foram frustrantes para a metade azul do Rio Grande, que diga o Boca Juniors de Riquelme em 2007, ou o Cruzeiro de Adilson Baptista na última Libertadores da América.

É claro que Naútico e Grêmio fizeram um jogo memorável por tudo que aconteceu, inegavelmente o momento foi emocionante. Mas prestem bem atenção: O MOMENTO. No outro dia aquele episódio deveria ser esquecido pela nação tricolor, pelo simples motivo que se tratava de uma SEGUNDA DIVISÃO e o adversário era o NAÚTICO, um clube inexpressivo na história do futebol brasileiro. Mas não, a direção gremista da época fez DVD, pintou a data de 26 de novembro de 2005 no estádio Olímpico, a torcida fez faixas e bandeiras imortalizando a conquista, entre outras atitudes que fazem com que a partida que deu o título de CAMPEÃO DA SEGUNDA DIVISÃO ao Grêmio não seja esquecida.

Sem sombra de dúvidas devido a fatídica data, hoje o Grêmio se tornou um clube que se contenta apenas em participar das competições, ano passado quando o tricolor entregou o Campeonato de mão beijada para o São Paulo e foi VICE-Campeão Brasileiro, teve festa no Olímpico, o capitão Tcheco chorou sendo erguido nos ombros dos companheiros, teve "buzinaço" pelas ruas de Porto Alegre e até na Avenida Goethe onde tradicionalmente se comemoram TÍTULOS da dulpa greNAL na capital gaúcha houve festa da torcida tricolor.

Será que esqueceram que o Grêmio é Bi-Campeão da Libertadores da América? Que o Grêmio é Campeão da Taça Toyota em 1983? Que o Grêmio é Bi-Campeão Brasileiro? Que Grêmio é Tetra-Campeão da Copa do Brasil? Que o Grêmio é Campeão da Recopa Sulamericana? Que o Grêmio é um clube grande e tem uma história gloriosa no futebol?

A torcida gremista esqueceu de tudo isto?!?!? Não posso acreditar, não quero acreditar!

Sinceramente, isso é um absurdo. Mesmo que os torcedores do Grêmio que elegeram a Batalha dos Aflitos como o motivo de maior orgulho da história centenária do clube, sejam jovens e não tenham visto os grandes feitos do tricolor gaúcho, mesmo assim não se justifica essa escolha. Nada justifica!

Aquele Grêmio multi-campeão que o Brasil e o mundo conheceram, HOJE não existe mais, esta adormecido. É uma pena para os seus torcedores e para o futebol brasileiro.

Infelizmente o Grêmio hoje é um clube grande, que forma times medianos, e possui uma torcida conformada com fracassos constantes.

A Batalha dos Aflitos foi tão emocionante quanto varzeana na história gremista.

E era isso!

11 comentários:

Pedro Rafael Marques disse...

A diretoria nunca pintou a data no estádio, isso não é verdadeiro. E nem houve festa na Goethe. Não publique inverdades.

Mas, como gremista lhe digo e afirmo que não concordo como o jogo de maior orgulho para mim. Isso deve-se a geração Orkut, que enxerga o futebol de uma maneira antagônica ao que admiro.

Felipe Cunha disse...

Pedro...

Teve festa na Goethe sim senhor em relação a vaga do ano passado. Inclusive com matéria na RBS.

Mas enfim isso não afeta em nada a postura conformista da torcida gremista.

Felipe Cunha disse...

Há, para não passar em branco.

Quem falou sobre a pintura no Olímpico foi o narrador da band Daniel oliveira.

Fagner Pereira disse...

Esse tipo de post e comentário me afastam do blog.

Pedro Rafael Marques disse...

O Daniel Oliveira é mentiroso, pois isso nunca ocorreu.

Felipe Cunha disse...

Pedro, isso é um detalhe que não influência em nada a questão.

O fato que devemos debater é a postura do torcedor gremista, que sinceramente, mesmo eu sendo colorado, lamento muito.

***********

Fagner,

Já que tu deu chinelada, me deu a liberdade de dar outra.

1º) Fora a pintura do Olímpico que o Pedro contestou e eu informei a fonte que fui informado, ams que como falei é irrelevante perante ao assunto.

Existe alguma inverdade dita no post?

2º) Se vc PRESTAR A ATENÇÃO, não fiz nenhuma corneta em relação ao Grêmio. Muito antes pelo contrário, enalteci a grandeza do teu clube. O Pedro percebeu isso...
Mas se tu concorda com a pesquisa, bom...Ai é de se lamentar ainda mais.

3º) Não gostaria de postar isso, mas como tu colocou me sinto no direito de falar. Teu afastamento do blog pode ter "X" motivos, mas não me venha com essa de "gremista magoadinho". PQ como falei, este post não é um corneta e sim um ALERTA!

Ultimamente os MEUS posts são mais sobre futebol de um modo geral do que sobre o teu Grêmio. E além do mais, debates são ótimos. Eu e o Pedro temos "pegas" homéricos aqui, mas sempre dentro de um nível onde nunca desrespeitamos ninguém.

É um grande prazer as tuas participações, é um pena para quem acompanha o blog que tu CONTRIBUA tão pouco.

Abraço!

Fagner Pereira disse...

Pq tu não aproveita o espaço e fala do D'Alessandro que ao fazer boicote ao Tite entregou o título do brasileirão?

Fagner Pereira disse...

Pq tu não aproveita o espaço e fala da camisa dourada, que foi o maior fracasso de marketing do colorado em 100 anos?

Fagner Pereira disse...

Pq tu não aproveita o espaço e fala dos craques do Inter que não estão jogando nada? E olha que não são poucos...

Fagner Pereira disse...

E não é por falar em verdades ou mentiras, eu posso dizer um monte de verdade com tom de provocação e não deixarão de ser verdades, mas não precisavam.

E se tu e o Pedro gostam de baixaria, eu não gosto. Por isso repito, esse tipo de coisa me afasta do blog.

Entendeu, falo por mim. Só.

Felipe Cunha disse...

Fagner, entendo o teu racalque, vivi isso nos anos 90. Juro que te entendo.

Realmente nota-se que tu anda muito afastado do blog, uma pena.

- Sobre o "boicote" de D'Alessandro ao Tite, se tu acompanha-se o blog veria que já falei sobre isso. Inclusive falei que D'Alessandro não foi profissional e Tite não teve gestão, já que é dever do treinador ter o bom jogador ao seu lado.

- Fracasso de marketing? Eu particularmente não gosto da camisa, mas ele é um sucesso de vendas. Quem vai no Beira Rio sabe disso, se ve esta camisa por todos os lados. Só pq o Inter perdeu um competição usando ela não quer dizer que foi um fracasso de marketing, tu deveria saber disso.

- Sobre jogadores estarem mal no Inter, mais uma vez eu digo: SE TU ACOMPANHASSE o blog veria que a poucos dias escrevi um critica sobre o Taison.

- Sobre provocação, vc só se sentiu provocado pq foi um colorado que escreveu. Poderia ter colocado várias provocações, e tu sabe que sei muito bem fazer isso. Mas desta vez não fiz, escrevi me colocando no lugar do torcedor gremista, pq eu me sentiria ofendido com este fato. E posso te afirmar que muitos gremistas concordam comigo.

- Baixaria? Olha Fagner, isso eu não vou aceitar. Jamais alguém faltou com respeito perante ao outro, se isso acontecesse ai sim seria baixaria. As discussões nunca ultrapassaram o âmbito do futebol e nem devem sair, pq é para isso que blog existe.

Aqui no blog existem sim discussões, existem sim opiniões fortes, mas repito: tudo com o devido respeito.

Quer "agua com açucar"?

Vai ver novela das oito.

Abraço!