terça-feira, 22 de dezembro de 2009

O CASO CHOLO


O caso Guinazú esta causando "frenezi" no mercado da bola no futebol brasileiro e principalmente na torcida colorada. Perder o capitão do time, o maior ídolo da torcida as vésperas da Libertadores seria um presente de Natal um tanto quanto amargo para o torcedor.

Guinazú e seus empresários afirmam que apesar da tal procuração assinada pelo jogador, não existe nada, Guina fica no Beira Rio.

A direção colorada se mostra indignada com a situação e diz que Guinazú não sai do Internacional, somente se depositarem a multa recisória e ai realmente não há o que se fazer.

Em contra ponto o que se noticia em São Paulo é que Guinazú já haveria até mesmo aceito uma proposta do São Paulo e em 2010 jogaria no Morumbi.

Minha opinião:

Guinazú não é "louco" (apesar de parecer), por que louco rasga dinheiro. Então seu procurador deve saber de um possível interesse do tricolor paulista e pediu para o argentino assinar a tal procuração. Com isso ou Guina ganha uma valorização do Internacional ou leva uma bolada e vai para o tricolor do Morumbi. Na verdade seria uma carta na manga para conseguir uma bela valorização no Beira Rio, esse seria o objetivo, não acredito que o argentino queira realmente deixar o Inter.

O certo é que não estava nos planos do jogador que toda esta história e principalmente a procuração vaza-se e se torna-se pública, e agora explicar que "fucinho de porco, não é tomada" é bem complicado.

Não vou julgar o jogador, futebol é assim, futebol é negócio e um jogador de 31 anos tem mais é que tratar de ganhar dinheiro, quanto mais melhor. Quem garante que nas próximas temporadas ele conseguirá manter o mesmo nível? Pode parecer mentira, mas nem o Cholo é eterno, e ele sabe que seu pulmão mais cedo ou mais tarde não será mais o mesmo, então ele precisa aproveitar o seu momento.

Porém, mesmo sendo frio e entendendo o profissional Pablo Horácio Guinazú, não tenho dúvida em dizer que se o Cholo for para o São Paulo ele saíra de uma condição de um dos maiores ídolos da história do Internacional, da condição de quase um "Semi-Deus" para o torcedor colorado, para uma condição de "persona non grata" no Beira Rio. E isso seria muito triste.

Particularmente acho muito difícil o Inter se permitir ficar sem Guina para a Libertadores da América em 2010, mas no futebol a "mentira de hoje é a verdade de amanhã".

É aguardar para ver.

E era isso!

Um comentário:

Igor sausmikat disse...

a tese desse começo de ano: aquela frase do silvio santos q dizia eu só acreditoooo veeendooo!
abraços
meu blog: http://igoresportes.blogspot.com/