terça-feira, 22 de dezembro de 2009

HAHAHAHA!


Bem feitooooo!

Sim, Bem feitooooo!

O São Paulo, o grande São Paulo, acostumado a aliciar e seduzir jogadores com grandes cifras para que saiam de graça do seus clubes esta tomando do seu próprio veneno.

O jovem e promissor Oscar após ter salários atrasados "sorrateiramente" e por meios legais conseguiu a rescisão do seu contrato e o tricolor do Morumbi ficou "chupando dedo" (VEJA AQUI). Acredito que pela competente assessoria jurídica que o São Paulo possui conseguirá até reverter a situação, mas mesmo que consiga é lindo ver "o malandro ser enrolado". Bem feito tricolor!

Quantas vezes o São Paulo atravessou negociações de outros clubes? Várias! Da dupla greNAL então nem se fala, o zagueiro Miranda estava acertado com o Inter e o São Paulo se atravessou, assim como o próprio Dagoberto e o centroavante André Lima, os dois estavam acertados com o Interacional, todos sabem disso. O meia Jorge Wagner esteve próximo de desembarcar no Olímpico e o "politicamente correto" São Paulo se atravessou também e lá se foi o jogador para o Morumbi. Sem contar os jogadores do Goiás que o São Paulo aliciou, André Dias ficou meses sem poder atuar porque o Goiás teve que lutar na justiça para receber alguma coisa.

Eu sei que o São Paulo usa de meios legais em todas estas situações para contratar estes jogadores, usa a lei ao seu favor. É a política do "bom e barato", jogador em fim de contrato o tricolor vai lá e "pimba"! Mas é necessário também que exista uma certa ética nas negociações, e neste quesito o São Paulo fica devendo.

Sinceramente, não sei quem tem razão no caso do menino Oscar, mas que eu me sinto sinto feliz vendo o poderoso São Paulo tomando um susto, há isso eu não posso negar.

Bem feito!

E era isso!

4 comentários:

Igor sausmikat disse...

os 2 lados estão errados,se o Oscar disse que a situação estava ruim e tal que saisse logo!
será q outros centros ficariam de olho no jogador?
abraços

Felipe Cunha disse...

Sair logo?

Até parece que o jogador pode sair a hora que quer, há não ser que perca muita grana e isso ng faz.

Fagner Pereira disse...

É como você comprar um carro, investir em roda, som, alarme, bancos de couro e na primeira saída ser roubado e ainda não ter seguro. Perde-se muito dinheiro mesmo sem saber se o carro te ajudaria ou não a pegar mulheres :D

Metáforas explicam a vida.
Abraços!

Felipe Cunha disse...

Bah, se puxou nessa.