quarta-feira, 2 de junho de 2010

A MALDIÇÃO DA LATERAL-ESQUERDA


É incrível o que está acontecendo com a lateral-esquerda do GRÊMIO nos últimos anos. Depois do convocado pelo Dunga, Gilberto mais ninguém foi uma unanimidade no local.

Bom, mesmo que o GRÊMIO não tenha tido nenhum jogador de maior destaque na posição, o Tricolor ressente-se da ausência dos jogadores que estão lesionados. E as seguidas lesões que ocorrem no setor, parecem ser dignas de uma maldição.

Vou começar por Neuton, um atleta que surgiu para suprir a falta que Lúcio e Fábio Santos estavam fazendo a equipe. Pois é, ele também se lesionou, e quando estava com retorno marcado, sofreu uma nova contratura muscular. Outro jogador a ser citado, é o milionésimo atleta do Avaí a desembarcar no Olímpico, trata-se de Uendel, que fez os exames médicos foi para o suplementar e pasmem, mais uma nova lesão nos laterais-esquerdos do GRÊMIO.

Lembro que, Neuton é uma improvisação na lateral, pois o mesmo é um zagueiro de origem. Porém, foi o que mais se destacou no ano de 2010. Até porque Fábio Santos não existe e o Lúcio veio com uma grande sequência de lesões para o seu retorno ao Monumental. As outras opções ou são uma improvisação ou carentes de qualidade. Falo de Joílson e Bruno Collaço, o primeiro é um lateral que quase foi dispensado no fim do ano passado para um quebra-galhos neste ano. Já o caso de Bruno Collaço é mais complicado, pois o mesmo não tem condições de ser titular do GRÊMIO, contudo é o que temos para o momento.

As seguidas lesões de 2010, andam custando caro ao Tricolor.

SAUDAÇÕES!

Um comentário:

Felipe Cunha disse...

Lúcio é mais um "sugador" do Olímpico, igual a alguns que existem no Beira Rio.