sexta-feira, 9 de outubro de 2009

RESTAM 30 PONTOS



Após a mudança de técnico no estádio Beira-Rio, nota-se também uma mudança no que se diz respeito a jogadores do grupo que não vinham jogando absolutamente nada e voltaram a aparecer dentro de campo e finalmente mostrar o diferencial do time colorado. O adversário foi o Náutico, então não há muito que comentar em termos de desafio, mas o que se viu na quarta-feira foi um time brigador que durante muitos momentos durante a partida tomou sufoco, e nem o feijão com arroz conseguiu fazer. Complicou uma partida onde deveria ter amassado o oponente e mostrar que o Náutico não pertence e nunca pertenceu a elite do futebol.
Contando com esse jogo o Inter tem pela frente 12 pontos para disputar e se quiser botar medo no líder tem que fazer pelo menos 10. É totalmente possível. Fez 3 contra o Náutico, tem que fazer mais 3 contra o Atlético-PR em casa, mais 3 contra o Fluminense que pode jogar até na lua mas tem que ganhar pois este é o pior do campeonato e o Grenal que um empate já serve. Ou seja, 10 pontos em 12 disputados. A idéia é manter a fórmula super vitoriosa de Muricy: somar pontos em todas as partidas.
Com esses 10 pontos conquistados em 12 sobraram mais 28 pontos até o fim do campeonato.
O Palmeiras mostrou ontem que é possível qualquer um ser campeão até o sétimo colocado. Basta que eles continuem tropeçando e os gaúchos ganhando. Se o Grêmio apertar um pouquinho, conquista vaga no G-4 e o Inter precisa apertar um pouco mais pra ser campeão.

Inter campeão e Grêmio no G-4, representa os dois na Libertadores 2010, os paulistas vão mandar construir um muro ao redor do RS e finalmente o movimento separatista terá o que sempre sonhou.

Saudações...

Um comentário:

Felipe Cunha disse...

Esquece o título Fernando, já era. G4 é a realidade...