terça-feira, 24 de novembro de 2009

CRÔNICAS DE UM ANO QUE VEM - PARTE 3 - FINAL




Vamos falar agora da gestão de futebol e diretoria de um clube de futebol.
Infelizmente são eles que influenciam de fora pra dentro do campo de jogo. Serão eles novamente os protagonistas do ano de 2010. Pois contratações são de extrema necessidade começando pela lateral-direita e aquele que fica em baixo dos paus. O goleiro colorado que ocupa a meta colorada até o fim de 2009 não pode mais permanecer no ano que vem. As pretensões coloradas para o próximo ano deve ser novamente a Copa do Brasil e o retorno do clube à Libertadores da América que deverá acontecer somente em 2011.
Fernando Carvalho e Cia. equivocou-se esse ano principalmente em 3 ocasiões na minha opinião.
Primeira: Intrometeu-se no vestiário tirando o comando e o respeito da comissão técnica.
Segunda: Largou o tal dossiê da arbitragem em momento totalmente inoportuno fazendo com que o time que já não tinha muita motivação para reverter um placar em busca do título, tivesse menos ainda para jogar bola. Já que o Corinthians jogou muito mais que o Inter no Beira-Rio. A primeira partida eu não comento porque roubo não se comenta.
Terceira: A não contratação de Muricy Ramalho que estava pedindo para voltar ao Gigante.
Esses erros cometidos nesse ano, devem servir para que os dirigentes aprendam com eles e por favor não voltem a cometê-los.
Não sei qual a fórmula para que um clube de futebol seja bem sucedido durante uma temporada. Mesmo analisando os times de fora não é possível traçar um paralelo entre os dois. Principalmente se tratando de dirigentes. Dirigentes de fora, tem muito mais material humano para trabalhar, e conseguem isto pois tem ótimos recursos financeiros.
Se escutarmos os jogadores brasileiros falando, nenhum se salva. Todos trocariam o Brasil por qualquer clube europeu. Então fica mais fácil.

Espero que tudo que eu tenha escrito seja uma bobagem e queimem minha língua em 2010, fazendo com que meu coração colorado sofrido esqueça o ano do centenário.

Saudações...

2 comentários:

Felipe Cunha disse...

Libertadores só em 2011?

Fernando Amoretti disse...

Era só uma linha de raciocínio.

Mudou tudo.