quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

É DELES QUE EU ESPERO...


Não tenho medo de colocar boa parte das minhas fichas para o sucesso colorado em 2010 no garoto Giuliano. O jogador vindo do Paraná mostrou em 2009 toda sua importância para a equipe, ele avalizou a campanha de vice-campeão brasileiro do Internacional. Caso não tivesse desfalcado os gaúchos por tanto tempo quando foi para o "mundial sub-fralda", a história da competição poderia e deveria ser bem diferente, e a diferença seria pra melhor dentro do universo vermelho.

Acredito que o camisa 11 do Beira Rio será o jogador que irá liderar tecnicamente o Internacional na Libertadores da América, ao lado de D'Alessandro. Giuliano tem ferramentas para ser "craque", tem força, velocidade, habilidade, técnica e esta fazendo gols. É um atleta incansável, aparece por todos os lados do campo sempre dando opção para os companheiros.

Fico preocupado quando vejo notícias em que o treinador Jorge Fossati não escalou Giuliano entre os titulares, acho um erro monstruoso. O garoto deve ser titularíssimo do Internacional independente de esquema, não tem que haver dúvidas quanto a isso.

Ele ao lado de D'Alessandro podem formar um dupla de muita criatividade na meia cancha de Jorge Fossati, D'Ale já mostrou toda sua capacidade, principalmente na Copa Sulamericana em 2008 e isso me faz acreditar que na Libertadores ele pode mais uma vez fazer a diferença. É o tipo de competição que D'Alessandro gosta, o estilo de arbitragem favorece o argentino, já que os árbitros que trabalham na Libertadores sabem muito bem lidar com os "catimbeiros", uma das principais características de D'Ale junto com a sua qualidade com a bola nos pés. Se o camisa 10 alvirubro conseguir apresentar uma maior regularidade pode sem sombra de dúvidas ser o diferencial vermelho em toda a temporada, em especial na Libertadores.

Pelo que se vê até o momento, a grande contratação não virá, mais especificamente o grande atacante. Mesmo sendo um risco, acho justificável a posição da direção, o Internacional tem boas opções para o ataque, e se apenas um deles confirmar é o suficiente. Mas justamente por este "risco", é que o colorado precisará muito dos "baixinhos" Giuliano e D'Alessandro. É através do talento desta dupla, que o Colorado pode rumar ou não em busca do Bi da América.

E era isso!

3 comentários:

Fernando Amoretti disse...

Curto e grosso: O Inter é Giuliano e +10.

Felipe Faria disse...

Não concordo totalmente com vcs...é um baita jogador! Isso não se discuti, mas é demais pra ele ser esse jogador-mor, o alfa da matilha. Pelo menos na libertadores.
Quem sabe no restante do ano.

Felipe Cunha disse...

Felipe, mas se não esperarmos a diferença de Giuliano e D'Alessandro vamos esperar de quem?